DVD
A conveniência continua a ser a melhor qualidade das câmaras DVD: pode simplesmente gravar os seus filmes e depois colocar os discos num leitor de DVD comum. As capacidades de gravação de um DVD variam, mas as câmaras de vídeo que utilizam tecnologia Dual Layer (Dupla Camada) (tais como as novas Canon DC210 ou DC50) conseguem gravar até 108 minutos num único disco DL.

Pode inclusivamente editar os seus filmes na própria câmara – apagar ou dividir cenas, ou criar listas de reprodução dos seus favoritos. Além disso, à semelhança dos modelos MiniDV, as câmaras DVD estão muitas vezes equipadas com efeitos tais como tons sépia ou contrastes visuais. Isto torna-as ideais para aquelas pessoas que desejam aperfeiçoar os seus filmes sem software de edição.

HDV
O Vídeo de Alta Definição (HDV) é o formato mais popular para fazer filmes caseiros em HD. Tal como nas câmaras MiniDV, o filme é gravado em cassetes mas com uma resolução bastante mais elevada – o que resulta numa nitidez, profundidade e detalhe de imagem superiores. Em modelos como a HV10 e a nova HV20, o sensor de vídeo CMOS em HD da Canon captura imagens com uma resolução de 1920x1080 pixels – o mesmo tamanho de imagem que as melhores televisões de Alta Definição. Também é possível efectuar gravações de Definição Normal. De todos os formatos HD disponíveis ao consumidor, o HDV é o mais adequado para edição de filmes em computador.

A gravação em HD exige a tecnologia mais complexa e os componentes de melhor qualidade. Como tal, as câmaras HDV são normalmente equipadas com um vasto leque de características e opções. Além de ligações USB e FireWire, algumas incluem ligações HDMI (High Definition Multimedia Interface) para fazer a ligação audiovisual de um único cabo à televisão – além de todas as funções normais que se podem encontrar nos modelos MiniDV e DVD.


spacer
					image