A You Connect fala com Jay Dykes, fã de insectos e aficcionado da Canon.

Alguns fotógrafos de vida selvagem viajam milhares de quilómetros em busca da fotografia perfeita. Jay Dykes não é um deles. Desde 2002 que ele encontrou toda a inspiração que necessita no jardim com plantas demasiado grandes das traseiras da sua casa em Salisbury, Reino Unido, onde fotografa as pequenas criaturas que aí se encontram.

“Passo muito tempo durante o dia à frente de um ecrã de computador”, diz Jay, “Por isso sair lá para fora e observar uma coisa viva, a respirar, apenas a uns passos da minha porta das traseiras é uma lufada de ar fresco”.

No entanto, capturar os reflexos no olho de uma mosca varejeira, ou uma traça da espécie macroglossum stellatarum a pairar sobre uma flor não é uma tarefa fácil. “Os insectos não são os modelos que mais colaboram – não reagem quando sussurro “Por favor não se mexam!” explica Jay.

“As vantagens que tenho ao usar máquinas, objectivas e unidades de flash da Canon são verdadeiramente únicas, proporcionam-me uma nitidez de imagem fantástica e controlo total sobre a luz, enquanto que as funções habituais permitem-me adaptar os controlos da máquina às minhas necessidades.

“Estes factores, aliados a tempos de arranque rápidos, dão-me uma vantagem sobre os insectos, permitindo-me concentrar no enquadramento de uma fotografia sem me preocupar com a tecnologia que a capta”.

Com um site de sucesso, MyTinyGarden.com, e um livro de fotografias de insectos previsto, Jay é apenas um exemplo de como uma óptima ideia pode ser concretizada com equipamento Canon. Poderá assistir a “The Shot” com Jay Dykes no link abaixo indicado.

Assista a ‘The Shot’ com Jay Dykes
(vídeo apenas em inglês):
http://www.canon.co.uk/Images/14_408006.mpg

spacer
					image