Picture You Connect logo



Alt tag for banner image

Urso Polar

Alt tag for column 2 image

Liverpool FC

Column Content1

“Ser fotógrafo desportivo é como ser atleta”, revela Kai Pfaffenbach. “Temos de ter aquele instinto competitivo. Quando estamos num jogo de futebol muito importante com mais 200 fotógrafos no recinto reservado à imprensa, temos de ser bastante determinados para captar a melhor imagem do jogo.

“A diferença”, acrescenta, “é que os fotógrafos têm de saber quando algo está prestes a acontecer – geralmente, mesmo antes dos jogadores.”

E Pfaffenbach sabe do que fala. Ele próprio um guarda-redes talentoso – cujas ambições de se tornar profissional foram frustradas devido à sua altura – Pfaffenbach começou a fotografar jogos de futebol quando ainda era adolescente, assistindo a jogos regionais aos fins-de-semana e tirando fotografias para jornais locais na Alemanha, o seu país de origem. O seu estilo distintivo começou a emergir logo durante esta fase inicial.

“Eu tinha alguns livros de fotografia desportiva com trabalhos de pessoas que eu admirava – como Mike Powell – mas estava sempre mais interessado em desenvolver o meu próprio estilo, e não igualar os outros”, explica.

Quando o seu talento para captar o entusiasmo de um jogo se tornou rapidamente evidente, seguiram-se logo outros trabalhos – desde captar desafios de futebol de ligas superiores, até cobrir outros desportos como basquetebol e hóquei.

Column Content2

Agora, como fotógrafo da Reuters a tempo inteiro, Pfaffenbach pode gabar-se de um dos portfólios desportivos mais invejáveis do mercado. Então, para ele o que é que faz uma boa fotografia desportiva?

 

“Depende muito do evento”, afirma. “Fotografar golfe é muito diferente de fotografar futebol – mas aquilo que todas as boas fotografias desportivas têm em comum é a emoção.  Não se trata apenas do jogador que marca o golo, mas também das reacções no banco, das reacções dos colegas de equipa, da multidão.

 

“Por exemplo, há uma lançadora do disco alemã – Franka Dietzsch – que compete há anos. No início da sua carreira, representava a Alemanha de Leste. No caso dela, tirar uma boa fotografia é muito mais do que o momento em que lança o disco: trata-se de captar a imagem de alguém que compete há muito tempo e que está agora rodeada de concorrentes mais novos, mas que continua a distinguir-se. Os resultados podem ser bastante comoventes.”

 

Um desportista cujos sucessos Pfaffenbach tem vindo a seguir com particular interesse é o guarda-redes do Bayern de Munique (e antigo capitão de equipa da selecção alemã), Oliver Kahn. Depois de competirem um contra o outro enquanto jovens guarda-redes, mais tarde tornaram-se amigos, sendo que Pfaffenbach passou a documentar os altos e baixos da carreira de Kahn com pormenores igualmente precisos.

Content Header

Seja um fotografo do desporto

CoverShot Description

Voltar á página inicial

Page Numbering

1 23>

Right-hand column - introductory text

Nem sempre temos uma segunda oportunidade para conseguirmos uma boa fotografia. Leia como um profissional consegue uma  boa história desportiva.

Right-hand column - Previous Articles Title

Noticias Anteriores

Right-hand column - Previous Features link description

Aprenda mais acerca do Urso Polar.

Right-hand column - Previous Features link title

Urso Polar

White Panel Description - Gallery

Veja as ultimas fotografias deste mês.

White Panel Description - How to...

Conselhos de um perito.

White Panel Description - News

Os mais recentes produtos da Canon.

White Panel Title - Gallery

A Galeria

White Panel Title - How to...

Como Fazer...

White Panel Title - News

Noticias

spacer
					image